Radio Inovadora
Publicidade
Porto Ferreira/SP
Min.
Máx.
Petrobras anuncia Ivan Monteiro como presidente interino
01/06/2018

Engenheiro substitui Pedro Parente vai acumular as funções de diretor financeiro e de relacionamento com investidores.  Ivan Monteiro, em foto de março deste ano Francisco de Sousa/Agência Petrobras/Divulgação O conselho de administração da Petrobras elegeu Ivan de Souza Monteiro para substituir interinamente Pedro Parente na presidência da empresa, conforme fato relavante divulgado ao mercado na noite desta sexta-feira (1). Monteiro é direitor financeiro e de relacionamento com investidores da estatal e vai acumular as funções. O nome de quem assumirá o comando da empresa em definitivo poderá ser anunciado ainda nesta sexta-feira, segundo o colunista do G1 Valdo Cruz. Esse é o desejo do presidente Michel Temer. Pedro Parente era presidente da Petrobras há dois anos. Seu pedido de demissão acontece em meio aos desgastes e pressões sofridos por Parente durante a greve dos petroleiros em razão das críticas à política de preços de combustíveis adota pela Petrobras durante sua gestão, com reajustes quase diários dos combustíveis, acompanhando os preços internacionais do petróleo. Desde julho do ano passado, quando a política foi adotada, o preço da gasolina e do diesel comercializado nas refinarias disparou mais de 50%. Esse aumento foi um dos pontos mais criticados na paralisação dos caminhoneiros. A política, porém, trouxe credibilidade à estatal no mercado. Com a saída de Parente, as ações da Petrobras caíram quase 15% nesta sexta-feira. As ações preferenciais, que dão preferência na distribuição de dividendos, caíram 14,86%. Já as ações ordinárias, que dão direito de voto em assembleias da empresa, tiveram queda de 14,92%. Quem é Monteiro Ivan de Souza Monteiro nasceu em Manaus (AM) em 1960, e foi para o Rio ainda na infância. Engenheiro de formação, fez carreira no Banco do Brasil. Começou como escriturário e chegou à vice-presidência de Finanças, Mercado de Capitais e Relações com Investidores em 2009. Quando nomeado pelo então presidente do banco, Aldemir Bendine, os dois não se conheciam, mas acabaram se tornando próximos ao longo dos seis anos em que trabalharam juntos na instituição financeira. Tanto que Bendine o levou quando foi para a presidência da Petrobras, em fevereiro de 2015. Ivan Monteiro se tornou o diretor executivo da Área Financeira e de Relacionamento com Investidores da petroleira. Em 2016, Pedro Parente assumiu a presidência, mas manteve o diretor financeiro. Fora da Petrobras, Bendine foi preso, suspeito de receber R$ 3 milhões da Odebrecht em troca de favores à empresa em contratos da Petrobras. Ele nega as acusações e se diz vítima de perseguição. Seu antigo braço-direito não foi alvo das acusações. Com bom trânsito no mercado, Ivan Monteiro era o responsável pelo programa de desinvestimentos da Petrobras, que tem a meta de vender R$ 21 bilhões em ativos até o fim de 2018.
Fonte: G1
21:00 as 21:00
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
29 de julho, 570 - Porto Ferreira/SP
Ligue agora
(19) 3581-1702
Horário de atendimento
08:00 AS 17:00 HS