Radio Inovadora
Publicidade
Porto Ferreira/SP
Min.
Máx.
'Airbag mortal' da Takata faz nova vítima em acidente na Malásia
01/06/2018

Falha que projeta fragmentos metálicos contra ocupantes já matou outras 22 pessoas. Não há registros de mortes relacionadas ao defeito no Brasil. Airbag da Takata pode lançar pedaços de metal contra os passageiros REUTERS/Joe Skipper A Honda confirmou nesta sexta-feira (1) que um inflador de airbags da Takata se rompeu em um acidente fatal no início da semana na Malásia, no que parece ser a 23ª morte mundial ligada à parte defeituosa que emite fragmentos de metal. A montadora japonesa confirmou anteriormente 18 mortes desde 2009 ligadas aos "airbags mortais", questão que provocou o maior recall da indústria automobilística na história. A Ford relatou outras duas mortes por inflator da Takata. Três outros acidentes, incluindo o novo na Malásia, não têm uma causa oficial de morte por parte das autoridades locais. O último incidente ocorreu em 27 de maio em um Honda City em Kuala Lumpur, capital do país, segundo a Honda. Veja os recalls de airbags mortais no Brasil Airbags mortais ainda equipam 1 milhão de veículos no país O defeito Airbags feitos pela Takata causam recall de milhões de veículos REUTERS/Joanna Zuckerman Bernstein A falha nos airbags da Takata faz com que o insuflador exploda com força excessiva, projetando pedaços de metal contra os ocupantes. Em muitos casos, os ferimentos nas vítimas foram comparados com facadas ou tiros. O escândalo se tornou público pouco mais de 5 anos atrás. De lá pra cá, foram mais de 30 milhões de veículos convocados para recall. A Takata levou prejuízos milionários consecutivos, e a empresa acabou pedindo recuperação judicial. Em abril, sua venda para um grupo chinês foi concluída.
Fonte: G1
21:00 as 21:00
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
29 de julho, 570 - Porto Ferreira/SP
Ligue agora
(19) 3581-1702
Horário de atendimento
08:00 AS 17:00 HS